/Outro idioma na infância?

Outro idioma na infância?

Sim, com certeza!

Não é mais nenhuma novidade, falar uma segunda língua, além de ser essencial para o mundo globalizado em que vivemos, é extremamente benéfico para o desenvolvimento pessoal.  Agora, imagina se isso acontecer ainda na infância. Imaginou? É realmente enriquecedor para a criança.

Vamos começar por uma grande vantagem (detalhe: não existem desvantagens), nos primeiros anos de vida, o cérebro se desenvolve rápido, logo, aprender qualquer coisa nessa fase se torna mais fácil, é como se a criança fosse uma esponja que absorve tudo o que passam para ela, inclusive, outro idioma.

A partir daí um novo mundo começa a ser desbravado. A criança começa a lidar com novos conhecimentos e sons, chega mais rápido a uma pronúncia melhor e desperta outras habilidades, como sociabilidade, desenvoltura, facilidade de concentração e pensamento lógico.

Cada escola pode aplicar uma metodologia, seja de uma forma que permita um aprendizado mais natural e lúdico, até um programa mais intenso que inclua certificações internacionais.

E sabe aquela vontade ou mania da criança de querer mexer cada vez mais cedo em aparelhos eletrônicos? Isso pode ser um grande facilitador na hora do aprendizado, já que o Inglês, por exemplo, está em muitos jogos, vídeos, desenhos, aplicativos e músicas. Mas, cuidado, é importante a supervisão dos pais em relação ao que é acessado.

Ainda ficou alguma dúvida de como falar outro idioma na infância é realmente bom? Tire suas dúvidas com o professor ou coordenador da escola que seu filho estuda, mas tenha uma certeza: só há ganhos.

2018-03-19T11:46:08+00:00